quarta-feira, maio 24, 2006

Fantastic Dolls

Fantástico!

Após a aula de Telecomunicações I, o alex veio ter à Faculdade para partirmos para famalicão. Devido à hora tivemos que ir directo. O caminho fez-se sem grandes dificuldades... apenas houve um pequeno problema a chegar a Vila Nova de Famalicão. As nossas indicações diziam para sair na 4 saida da rotunda.. acontece que a rotunda só tinha 3 saídas para além da que usamos para entar.. e a placa com a indicação de famalicão estava colocada de uma forma em que era impossivel de se ler estando na rotunda!! Após umas voltinhas lá encontramos os caminho. Atrás da casa das Artes existe um mega parque de estacionamento gratuito mesmo a jeito. É engraçado notar que a caminho estava tudo cheio de carros mas no parque havia muitos lugares vazios. Acho que a maior parte das pessoas nem sequer sabe que aquilo existe. Apenas uma tosta mista para enganar os estomago e de volta para a Casa das Artes.. pensavamos que aquilo começava as 9:30 mas afinal era só a abertura de portas.

Enquanto tavamos à espera, havia montes de gente que quase nos atropelava. Uma gaja atrás de nós só dizia: "Já viste isto... este pessoal não estava aqui quando nós chegamos!" .. ia repetindo cada vez mais alto na esperança que nós ouvissemos.. azarito.. nós estavamos la.. tivemos foi que fazer o intervalo para jantar!

A entrada foi a real correria (não percebi porquê) mas como tivemos que correr também ficamos na primeira fila! :P

Antes de Dresden Dolls, a primeira parte foi feita por Thomas Truax. Não é bem uma One Man Band pois ele só toca 1 instrumento de cada vez. Mas usa um instrumento mega esquesito que ele inventou - uma especie de corneta tocada ao contrário - e uma maquineta que faz os sons de percussão. Original e adequado. Os sons modlam-se à figura de Thomas que faz a festa sem precisar de muito mais aparato. Ainda andou pelo meio da assistencia a cantar no que foi dos melhores momentos do concerto. Até fiquei admirado como é que não tropecou nas escadas pois estava muito escuro. Só pecou pela duração: Muito curto. O homem mal tinha começado e já estava a assistente do palco a mandar o gajo embora. Espero que volte a portugal com mais tempo. Merece!

A seguir: Dresden Dolls! Amanda e Brian fazem a festa.. e não é pouca! Imensa energia e irreverencia. Amanda mal fica parada em cima do banco e tenta teclar de pé. Brian quase que destroi a bateria! Fenomenal! Amanda ainda nos deu um pequeno presente: tocou uma musica não editada que tinha acabado à pouco de compor - quem sabe se não se vai chamar Portugal Song ;) Coin-Operated Boy e Half-Jack foram os momentos altos da noite... apesar de não ter havido momentos baixos!

A seguir ao concerto ainda havia convivio com a banda, com direito com bolo às riscas e champagne.. mas a quantidade de gente e o fumo fez com que tivesse de fugir.. Também já era tarde e ainda tinhamos uma viagem para o porto - não me podia entreter a beber....

Só para terminar: tenho pena que mais gente não tenha ido ver o fantástico que foi. Concertos destes não se perdem. Quero mais!

5 Tremuras:

O Puto disse...

Tive pena de não os ter podido ver, mas tinha compromissos nesse dia. :(

O Puto disse...

Telecomunicações I? FEUP? Isto soa-me familiar. Mais um eng. electrotécnico?

corpo visível disse...

.
também eu fiquei com vontade de ver mais thomas truax. definitivamente.
.
uma noite quase perfeita, indeed.
.

Anónimo disse...

Foi fabuloso!! Quero mais!
Luís

Rui Ribeiro disse...

Fabuloso é dizer pouco....

Enviar um comentário