quinta-feira, junho 08, 2006

SBSR: O regresso a casa!

Sinceramente não estou com muita disposição para relatórios. Por isso vai ser uma coisa simples:

Eu já tinha mencionado que queria ir ao Festival, já tinha inclusive prometido a compra de um bilhete. Só que problemas financeiros dificultaram essa compra. Ir a lisboa nao implicava apenas o bilhete mas também viagens e comes e bebes. Por isso já tinha desistido da ideia até a minha irmã me salvar a vida.

Com os seus super conhecimentos, conseguiu arranjar 2 convites para os concertos. Assim sendo a oportunidade não se podia perder!

Apanhei a camioneta para LX e o tiago e o miguel foram-me buscar ao oriente às 4 e meia. Como os concertos começavam às 6 demos apenas uma voltinha para um café e fomos para a porta do festival procurar onde é que se levantavam os bilhetes.

Com 2 "convites" na mão eramos homens felizes. (Infelizmente não fomos à zona VIP, deviamos pelo menos tentado cuscar aquilo já que parece que tinha bebida à borla, puff para se sentar e playstations! Fica para a próxima!)

Após entrar demos a voltinha do costume, fazia um pouco de impressão estar ao lado do rio trancão, mas não cheirava nada mal! :P

Imaginei o espaço maior. Suponho que o recinto da queima das fitas do Porto fosse maior mas a queima também não são só concertos! Os palcos estavam um mesmo ao lado do outro mas como não actuam os dois em simultaneo resulta bem. Por acaso é coisa que nao gosto é ter de perder um concerto para ver outro. Assim pode-se ver tudo.

No recinto em si gostava de apenas salientar uns pequenos pormenores:
Caixotes do lixo: imensos! Provavelmente de 10 em 10 metros tinha-se um. Alem disso pelo recinto circulavam pessoas a limpar o chao.
Ao pé dos comes e bebes vários lavatórios (de loiça e torneiras normais) estavam disponiveis para se lavar as mãos!

Os simbolos à entrada da zona das casas de banho

Acho que nunca vi festival mais limpo!

Bolas que já está a ficar longo!

Os preços claro que inflacionados. T-shirts oficiais das bandas era tudo a 30 euros. Fiquei chocado e fui procurar nas lojas diversas. Acabei por comprar uma do batman por 10 eurios. Acho que não está mau e estou a precisar de tshirts! Também tentei umas da Super Bock mas só havia Baby Dolls e as que não eram para raparigas... não me serviam! Era tudo tamanho de criança! :S Infelizmente esqueci-me de comprar quanto e que custavam as taças para a Abadia!

Mas mais inflacionado estavam as cervejas: cada copo €1,5! Real xulanço. É claro que aqui apareceu outra surpresa: Margarida! Estava lá a servir num dos bares pelo que durante a noite consegui uns preços jeitosos.
Eu já gostava dela.. fiquei a gostar ainda mais :P Tive pena nao ter dado para conversar mais...

Agora.. bandas!

Começou com uma banda portuguesa que ganhou o concurso "Preload II", Summer Sky. Não conhecia, nunca os tinha visto mais gordos. Notavam-se que eram muito jovens e que queriam ter uma boa presença em palco. Acho que se perdeu quanto tentavam ser muito "cools". Curti o facto de atirarem cd's do palco saiam disparados de dentro das caixas e tentavam cortar cabeças!

Logo a seguir se calhar dos melhores concertos da noite: The Editors.
Muuuuuito fixe! Ainda não estava muita gente no recinto mas mesmo assim a malta vibrava a 100%! A banda estava empenhada e o publico respondeu à medida!
Acho que podia ter merecido um bom encore, mas não sendo a última banda há o problema da timetable. A bem dizer já estavam atrasados... mas estando tudo atrasado fica certo à sua maneira)

The Editors... ao longe que a máquina é foleira.

The Weatherman voltou a acender as luzes do palco quinta dos portugueses. Não fiquei para ver o concerto e acho que não perdi nada. Do fundo do recinto conseguia ouvi-los bem a gritar: "Quero ouvir essas palmas". A música era demasiado experimental para conseguir prender a audiência. (Excepto os provaveis fans fixos que toda a banda tem - até os portugueses Summer Sky tinham uma pequena legião de fãs).

Palco principal: dEUS. O numero de pessoas no recinto começava a compor-se. Acho que fiquei um pouco desiludido. Acho que ainda tenho no meu imaginário musicas dos primeiros albuns. Nao gostei tanto do ultimo e apesar de terem tocado algumas antigas fiquei com o bixinho na mesma. Se calhar nao encaixa tao bem em ambiente de festival: pó, muitos decibeis, ppl sentado no chao.

Peace Revolution não conheço e fiquei sem conhecer. Fomos às compras!

Por esta altura já era possivel ver que os festivaleiros se podiam dividir em 2 grupos diferentes: Os que estavam para ver The Cult, e o resto.

The Cult moveu bastante gente para o palco e aproveitamos essa ocasião para irmos jantar. Não apanhamos filas nenhumas na telepizza e tivemos muito espaço nas mesas (2500 lugares disponiveis) para comes e bebes. No entanto pelo que dava para vere ouvir do concerto tenho a certeza que nao desiludiu os fãs. Achei piada ao facto do homem estar sempre a gritar: "Bonita". Gozamos com isso o resto da noite!

Os Linda Martini foi estranho. Nao os reconheci (também conheço pouco) e nada do que tocaram me chamou o ouvido - também foram muito experimentais. Estou agora a ouvir o que tenho deles e se calhar com a disposição certa teria sido um bom concerto...

Keane acho que não merecia estar depois de The Cult. É uma banda para se ouvir agarrado à namorada. Com canções mais melódicas convidava aos beijinhos. Como não tinha menina para estar agarrado fomos esperando por Legendary Tiger Man. O Tiago e o Miguel que não conheciam tão bem a banda à volta e meia lá exclamavam: "Ahhh isto é que e Keane!" Fiquei com a impressão que as musicas deles são um pouco iguais... Parecia que repetiam músicas!

Legendary Tiger Man na qualidade de One Man Band não desilidiu, mas ficou-se um pouco desconfortavel. Com um sistema de som mais potente o homem insistiu e puxou um bocado na rockalhada. Sempre a dar-lhe a 100% o ambiente ficou um bocadito para o pesado! Eu não consegui assimilar tanto rock.

Para acabar a noite: Franz Ferdinand.
Vanessa: so para ficares com um bocadinho mais de ciumes: Fizeram a festa! Já me doiam os braços de tanto bater palmas! Muito bom mesmo! :D
O post de ontem foi feito durante o concerto de Franz!

Para acabar.. não queria isto longo.. mas onde isso já vai! A serio que não gosto destes testamentos... bahhh!

Dizia eu para acabar... ainda bem que fui! Diverti-me à brava. Ouvi boa música. Estive com a Margarida que foi um optimo extra que não tava à espera. Passear por lx dá sempre para mudar de ares. Ir para a beira rio enquanto se espera pelo autocarro apanhar sol sabe mesmo bem.

2 Tremuras:

Vanessa disse...

hmmmppfff... há gente com sorte...
Toda a gente diz que eles foram os melhores, que até ainda estavam aos pulos quando chegaram a casa! ohh... tb quero... :(
Eu hoje tenho aqui Lordi! anda tudo maluco!!! Logo hoje que eu até estava a pensar em sair e tal...
Vidas!!

ups disse...

Ohh Lordi não é assim tão mau!

Veste-te de preto e faz umas pinturas góticas e ficas logo no mood! :P

Enviar um comentário